neve.jpg (42548 bytes)


Dê-nos a sua opinião sobre este site, sobre a terra, sobre os costumes, sobre a vida da Gralheira.
Assine o nosso livro de visitas

Veja o registo que outros utilizadores deixaram sobre o nosso site
Veja o nosso livro de visitas

Mande-nos um e-mail, para:
site@gralheira.net
Correio para a Gralheira

Nº de visitas desde 24/01/1999


Participe ativamente no nosso fórum. Veja as opiniões dos outros Gralheirenses, clicando no link:

Fórum Gralheira

Se tiver fotos da nossa terra e as quiser partilhar com a nossa comunidade, este espaço é seu.   
 Fotos partilhadas

Hoje é

Seleccione um tema à sua escolha: Visite a nossa galeria de fotos:
História e localização geográfica
Usos e costumes
Feiras e Romarias
Serões na aldeia
As gentes
Construção e arquitectura
Fauna e flora
Histórias de outros tempos
O clima
O futuro
Fotografias aéreas sobre a Gralheira
A Gralheira de satélite
Fotografias da aldeia 1
Fotografias da aldeia 2

Fotografias dos moinhos de água
Fotografias de algumas aldeias vizinhas
Fotografias da neve em 30/11/2003
Fotografias do Natal 2004
Fotografias de neve no Carnaval 2006
 
Mais fotos disponíveis no fórum Gralheira na secção de fotos
Se preferir pode ver todas as fotos publicadas em SlideShow encaixadas nos seguintes temas:
  Gentes da Gralheira
Natureza do Montemuro
Aspectos da aldeia da Gralheira
Novo livro de Carlos de Oliveira Silvestre:
"Crónicas da Serra" - Leia aqui algumas das crónicas que estão publicadas no livro. No entanto se puder não deixe de comprar um exemplar, que está à venda em:  Lisboa, Porto, Lamego, C. Daire, Cinfães e Gralheira
Mais artigos "soltos" do autor e não só, serão publicados no fórum Gralheira, na secção de Artigos de opinião, prosas e poemas
Multimédia
Grupo Etnográfico da Gralheira - Oiça as músicas do nosso Rancho.
Vídeos Disponíveis vídeos da vida da nossa aldeia, tanto de agora, como de antigamente
Webcam em direto - Pode ver a Gralheira com imagens actualizadas a cada minuto.
Conheça o nosso Campeão
Armando Costa - Campeão do Mundo, medalha de Ouro nos jogos Paralímpicos de Atalanta, medalha de Prata em Sydney, e medalha de bronze em Pequim, na modalidade de boccia.
Sites disponíveis da nossa zona:
Associação Recreativa, Cultural e Desportiva da Gralheira
 - Toda a informação sobre esta associação, que visa engrandecer a Gralheira
À Descoberta do Montemuro - Blog de um filho da terra, onde são relatadas histórias passadas na nossa zona.
Motocabras da Gralheira - Site muito bem humorado dos nossos conterrâneos que estão na Suíça e não só.

Câmara Municipal de Cinfães - Pág. oficial do nosso concelho.
Castro Daire - A sede de concelho mais próxima da Gralheira.
Resende - Concelho onde pertence a Panchorra, a aldeia mais próxima.
Informações Úteis
Previsão do estado do Tempo na Gralheira

Alojamento, Comércio e serviços na Gralheira

Associação de caçadores do Montemuro Toda a informação sobre esta associação
O nosso concelho (Cinfães) Roteiro sobre o nosso concelho
Situação Geográfica 

 

BREVE INTRODUÇÃO

Este site é dedicado aos filhos da Gralheira, àqueles que, viveram e vivem os dias longe da sua terra natal, e um legado aos mais novos e aos vindouros para que «aprendam» a amar a sua terra, a engrandecê-la, a conhecê-la no passado. Baseado fundamentalmente na monografia "GRALHEIRA DE MONTEMURO" de Carlos de Oliveira Silvestre, tentamos demonstrar, de uma maneira, o mais simples possível, o quanto era difícil a vida na serra de Montemuro. Mas, para além das histórias fica a própria história. O que vale, o que conta é a história simples, verdadeira, viva e sentida da Gralheira de Montemuro: a aldeia e a serra, a vida e as gentes, a vida das gentes. Tudo aqui fica na sua verdade nua e crua, na sua rude rusticidade. O que vai aqui encontrar é história e história viva. A história da Gralheira, nos seus usos e costumes, repete-se, é circular. Se já não se vive como há cem ou duzentos anos, se a luz da candeia deu lugar á lâmpada eléctrica e a mula do almocreve foi vencida pela camioneta, o povo continua a ser o mesmo: simples, hospitaleiro, pacato e sacrificado. A serra continua a cobrir-se das mesmas flores, os campos produzem o mesmo pão, a mesma água canta nos corgos e ribeiros, os pássaros fazem e refazem os seus ninhos. E há neve, há coelhos, há Inverno. O pão é comido com o suor do rosto, os homens acreditam na graça e bênção de Deus. Na Gralheira, na serra do Montemuro, há poesia, a mesma poesia dos nossos avós.: "É um regalo subir ao alto da serra( ... ) ficar extasiado a contemplar aquela policromia maravilhosa" ! "Que magia tem aquela terra para nos prender ali."!?

Obrigado pela sua visita!

 

Na realização deste trabalho não podemos deixar de agradecer de algum modo, a colaboração de variadíssimas pessoas, entre as quais se destaca, Carlos de Oliveira Silvestre e a sua obra " Gralheira de Montemuro (monografia) ", que serviu de base à realização deste site.